Conservação: Estudo aponta Área Prioritárias

21 Out 2016
1878 vezes

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou a segunda atualização da lista de Áreas Prioritárias para a Conservação, Utilização Sustentável e Repartição dos Benefícios da Biodiversidade nos biomas Caatinga, Cerrado e Pantanal. A Portaria publicada no Diário Oficial da União de 21 de junho de 2016, revoga a portaria MMA nº 9 de 2007.

Segundo o Departamento de Ecossistemas da Secretaria de Biodiversidade e Florestas do MMA, o objetivo da lista é identificar áreas prioritárias para a conservação e classificá-las em três níveis, por prioridade de conservação, importância biológica e urgência de ação, além de recomendar ações prioritárias para cada área e caracterizá-las quanto às ameaças e oportunidades.

“Essas informações são importantíssimas e fundamentais para orientar políticas públicas relacionadas à biodiversidade, tais como criação de unidades de conservação, licenciamento, fiscalização e pesquisa”, explica o analista ambiental João Arthur Seyffarth. “Podem ser muito úteis para estados e municípios”.

As áreas e ações prioritárias para a biodiversidade são um instrumento norteador de políticas públicas, mas não são obrigatórias. Para sua implementação, o MMA buscará parcerias com os governos estaduais e outros setores da sociedade.

Fonte: MMA

 

Avalie este item
(0 votos)
comunicação

Departamento de Comunicação da SoS Sertão.

Website.: www,sossertao.org.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Fique por dentro das últimas informações sobre a SoS Sertão assinado o Boletim Informativo.

Publicações

Perguntas e Respostas sobre RPPN

Perguntas e Respostas sobre Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN).

Caminho das Pedras

Caminho das Pedras: Manual de acesso às fontes de recursos públicos nacionais para proprietários de RPPN